Maximizar o desempenho e a longevidade do seu motor requer uma manutenção regular: esta pode aumentar a vida útil de qualquer motor.

Se um motor de alta qualidade é um investimento, deve fazer tudo o que estiver ao seu alcance para o proteger. Manter em dia a manutenção do seu motor a 4 tempos irá contribuir para que o seu equipamento funcione sempre ao melhor nível.

Para orientações específicas sobre a manutenção do seu motor, deve consultar o respetivo manual de instruções. Os manuais para motores Kawasaki, podem ser encontrados aqui. Alternativamente, encontre um concessionário Kawasaki perto de si.

Deteção de alterações na máquina

Ligeiras alterações, como um cheiro novo, uma mudança na vibração ou um aumento do ruído podem ser um sinal de que algo não está bem. Utilize os seus sentidos e experiência para perceber se algo se alterou na sua máquina. Pode ser algo muito subtil, mas vale sempre a pena verificar.

Um exemplo de um incidente parecido aconteceu num clube de futebol da Premier League inglesa, onde um operador de um cortador de relva conduzido a pé sentiu uma alteração na precisão do corte através das vibrações da máquina.

A alteração não afetou significativamente a qualidade do corte, mas teve um impacto no corte do padrão no relvado. O cortador de relva estava a falhar e a lâmina estava a abrandar ligeiramente. Por fim, foi descoberto um problema com o carburador. Se o problema não tivesse sido detetado poderia ter resultado numa mistura incorreta de ar e combustível, causando uma fraca economia de combustível ou mesmo danos no motor. Se o operador não tivesse reparado nestas pequenas alterações, o problema poderia ter passado despercebido.

Dicas gerais

Mais abaixo, iremos abordar mais aprofundadamente as tarefas de manutenção. Contudo, existem algumas coisas simples que pode fazer para garantir que está a realizá-las da forma correta.

Aqui, encontra algumas dicas simples e avisos para a manutenção de motores a 4 tempos:

  • Pode parecer óbvio, mas não adie serviços de rotina nem as verificações de óleo e ar diárias — quando algo se estraga ou deixa de funcionar corretamente, são vários os casos em que o problema poderia ter sido detetado anteriormente.
  • Verifique os níveis de líquidos numa superfície plana. Numa inclinação, a leitura dos níveis será imprecisa, pois poderá mostrar um nível superior ou inferior de acordo com a inclinação do equipamento. Durante uma verificação normal da plataforma, inclinar um cortador de empurrar de forma errada pode causar o encharcamento do carburador com combustível!
  • Seque a água em excesso na máquina depois da lavagem a jato. Ao limpar a sua máquina, pode ocorrer uma acumulação de água e, consequentemente, danos no sistema elétrico. A utilização de WD-40 é uma ótima opção pós-lavagem, uma vez que repele a humidade e protege contra curto-circuitos elétricos.
  • Tenha sempre em atenção onde coloca as coisas — por exemplo, não coloque objetos sobre a ventoinha do motor, uma vez que isso irá causar um sobreaquecimento e, possivelmente, provocar a gripagem do motor
  • Não limpe as velas de ignição com uma escova de arame de aço. Esta deixa vestígios de metal e irá provocar o curto-circuito da vela.

Utilização do óleo e combustível corretos

Mais uma vez, poderá parecer óbvio, mas uma quantidade surpreendente de pessoas comete o erro de utilizar o combustível errado.

Por vezes o dia de trabalho pode ser muito longo, particularmente se estiver muito ocupado, colocar combustível para um motor a dois tempos num motor a quatro tempos é um erro fácil de cometer quando se está cansado ou com um ritmo de trabalho mais acelerado. Identificar as latas e colocar as mesmas em sítios separados uma da outra pode ajudar a prevenir que este erro aconteça.

Drenagem do combustível do motor, se este ficar armazenado por um período superior a 30 dias

Drenar o combustível do motor antes de um armazenamento prolongado é cada vez mais importante. Numa tentativa de reduzir as emissões de CO2, agora é adicionado etanol ao combustível em quantidades de até 10%. O etanol é altamente corrosivo, por isso, se o mesmo permanecer no motor por longos períodos de tempo sem ser utilizado, podem ocorrer danos.

É possível que já tenha deixado combustível nas suas máquinas sem que tenha ocorrido qualquer problema. Contudo, as máquinas mais antigas eram mais resistentes à corrosão, uma vez que utilizavam crómio/cádmio e chumbo nos seus carburadores; apesar de oferecerem uma alta resistência à corrosão, estas substâncias são consideradas perigosas e, felizmente, já não são utilizadas em equipamentos.

Uma combinação da alteração na composição de combustível e da composição das máquinas significa que é mais importante do que nunca drenar o seu equipamento antes do armazenamento.

Utilização de peças originais

A compra de peças originais Kawasaki Engines elimina o risco de danos no motor devido a peças defeituosas. Com o nosso serviço de peças originais, sabe que está a adquirir uma peça concebida exatamente de acordo com as especificações do seu motor, testada e comprovada, criada para melhorar o desempenho e não para cortar custos.

No pior dos casos, utilizar uma peça não original pode resultar na avaria do motor. Contudo, mesmo uma ligeira redução na eficiência em comparação pode deteriorar o seu motor ao longo do tempo. As reparações e manutenções adicionais do motor podem rapidamente ascender a quantias elevadas e causar dores de cabeça devido a tempos de paragem da máquina que poderiam ter sido evitados.

Para mais informações sobre as diferenças entre peças originais e peças da concorrência, leia o aconselhamento especializado de Martin Cook e Dave Dunwoody, da equipa europeia de Peças e Assistência Técnica da Kawasaki Engines.

Com que frequência deve realizar tarefas de manutenção no motor?

Uma manutenção regular do motor ajuda a melhorar todas as funções do mesmo, com benefícios como: melhoria do consumo de combustível, aumento da potência e redução do risco de tempos de paragem. Deverá verificar sempre o manual de instruções do seu motor para obter informações relevantes sobre a sua máquina, uma vez que cada máquina tem requisitos de manutenção diferentes e poderá não utilizar as mesmas peças. Os manuais de instruções devem ser guardados em segurança no local, embora os fabricantes de motores tenham geralmente os mesmos disponíveis online, nos seus websites, por ex., na página de Downloads técnicos da Kawasaki.

A tabela de manutenção periódica apresentada em baixo destina-se a motores FR, em particular, os motores FR 651, 691 e 730V. Deve ter em consideração que tabelas como a apresentada destinam-se a ser utilizadas apenas como orientação, especialmente se trabalhar em condições com poeira, caso em que irá precisar de realizar determinadas tarefas de manutenção com mais frequência.

Encontre o seu Concessionário Kawasaki Engines mais próximo para peças e serviços.

Diariamente

  • Verifique o óleo do motor e acrescente
  • Verifique a existência de porcas e parafusos desapertados ou perdidos
  • Verifique a existência de fugas de combustível e óleo
  • Verifique o nível de eletrólito da bateria, se aplicável
  • Verifique ou limpe o filtro de rede da entrada de ar

A cada 100 horas

  • Limpe o elemento de papel do filtro de ar
  • Limpe a poeira e a sujidade do cilindro e das alhetas da cabeça do cilindro
  • Aperte as porcas e os parafusos
  • Mude o óleo do motor (a cada 100 horas ou 1 ano, o que acontecer primeiro)
  • Limpe e reaperte as velas de ignição

A cada 200 horas

  • Mude o filtro de óleo
  • Substitua o elemento de papel do filtro de ar

A cada 300 horas

IMPORTANTE: note que estas tarefas devem ser executadas por um concessionário autorizado da Kawasaki Engines. Encontre o seu concessionário mais próximo aqui.

  • Limpe a câmara de combustão
  • Verifique e ajuste a folga da válvula
  • Limpe e esmerile a superfície da base da válvula

A Kawasaki recomenda drenar o sistema de combustível se o motor for armazenado por um período superior a 30 dias.

Manutenção de motores a 4 tempos

Como referido anteriormente, as instruções para este trabalho de manutenção irão divergir de acordo com o modelo do seu motor. Existirão certamente semelhanças, contudo, estas instruções foram concebidas para os motores FR 651, 691 e 730V.

Estas são algumas das tarefas de manutenção mais comuns que poderá ter de realizar no seu motor a quatro tempos.

Mudança do óleo

Deve ser realizada uma mudança do óleo a cada 100 horas ou anualmente, dependendo do que acontecer primeiro. 

Passos para uma mudança do óleo num motor FR:

  1. Ligue o motor para aquecer o óleo
  2. Certifique-se de que o motor está nivelado
  3. Desligue o motor
  4. Remova o indicador de óleo (vareta medidora). Remova o bujão de drenagem de óleo e drene o óleo para um recipiente adequado enquanto o motor está numa temperatura morna. Não realize este passo enquanto o motor estiver quente! O óleo quente do motor pode provocar queimaduras graves. Deixe o motor ficar morno antes de drenar e manusear o óleo
  5. Instale o bujão de drenagem de óleo
  6. Encha novamente com óleo novo
  7. Verifique o nível de óleo com o indicador de óleo (vareta medidora)

IMPORTANTE: tenha cuidado ao eliminar o óleo usado, pois o óleo do motor é uma substância tóxica. Pode entrar em contacto com as suas autoridades locais para descobrir quais as formas aprovadas e mais adequadas para a eliminação do óleo do motor, ou se a reciclagem do mesmo pode ser uma opção.

Mudança do filtro de óleo

Mude o filtro de óleo a cada 200 horas de funcionamento. Tal como para a mudança do óleo, deve esperar que a temperatura do motor baixe antes de tentar remover o filtro de óleo.

  1. Drene o óleo de motor para um recipiente adequado
  2. Rode o filtro do óleo no sentido contrário ao dos ponteiros do relógio para o remover
  3. Aplique uma camada de óleo de motor limpo sobre a vedação do filtro novo
  4. Instale o filtro novo, rodando-o no sentido dos ponteiros do relógio até a vedação entrar em contacto com a superfície de montagem. De seguida, rode o filtro mais 3/4 de volta com a mão
  5. Adicione óleo do motor conforme especificado
  6. Deixe o motor funcionar cerca de três minutos e, em seguida, desligue o motor e verifique se existe alguma fuga de óleo à volta do filtro
  7. Adicione óleo para compensar a redução do nível de óleo devido à capacidade do filtro de óleo

Elemento de papel do filtro de ar

Para um motor FR com uma utilização dentro da média, deve limpar o elemento de papel do filtro de ar a cada 100 horas. Assim que atingir as 200 horas de utilização ou passar um ano, terá que o substituir.

Pode limpar o elemento de papel batendo-lhe suavemente para remover a poeira. Caso o filtro de ar esteja muito sujo e o passo supramencionado não resulte, terá que o substituir. Nunca proceda à lavagem do elemento de papel com água ou óleo nem use ar pressurizado para o limpar.

Manutenção das velas de ignição

Limpe ou substitua as velas de ignição e afine a folga das mesmas a cada 100 horas de funcionamento.

  1. Retire as tampas das velas de ignição; remova as velas de ignição
  2. Limpe os elétrodos raspando com uma escova não metálica para remover os depósitos de carbono
  3. Verifique se a porcelana apresenta fissuras ou outros sinais de desgaste e danos. Se necessário, substitua a vela de ignição por uma nova
  4. Verifique a folga da vela de ignição e, se necessário, afine novamente. A folga deve ser de 0,75 mm. Para alterar a folga, dobre apenas o elétrodo lateral utilizando uma ferramenta própria para velas de ignição. Instale e aperte as velas de ignição até 22 Nm
  5. Conecte as tampas das velas de ignição

Limpeza do sistema de refrigeração

Todo o sistema de refrigeração deve ser verificado e limpo a cada 100 horas de funcionamento. Contudo, a tela rotativa deve ser verificada antes de cada utilização e quaisquer vestígios de relva ou detritos devem ser removidos.

Para a limpeza do sistema, as alhetas de refrigeração e o interior dos invólucros do motor têm de ser verificados e quaisquer vestígios de relva, sujidade ou detritos devem ser removidos. Durante a limpeza, será necessário remover o filtro de ar, desapertar os parafusos e, de seguida, remover o invólucro da ventoinha.

Tenha cuidado para não colocar o motor em funcionamento antes de todas as peças do sistema de refrigeração estarem novamente instaladas.

O seu motor precisa de manutenção?

Após a leitura deste artigo, deve ter ficado com uma noção da frequência com que deve realizar tarefas de manutenção no motor e de que forma as mesmas são executadas, assim como algumas dicas gerais sobre manutenção, incluindo fatores aos quais deve estar atento e como realizar as tarefas de manutenção de forma eficiente. 

Lembre-se de consultar sempre o manual de instruções do fabricante para obter orientações sobre tarefas de manutenção de rotina especificas para o modelo do seu motor; os nossos exemplos eram específicos para alguns motores da nossa série FR, contudo, podem divergir de acordo com o tipo de motor. 

Como mencionamos anteriormente, monitorizar pequenas alterações e realizar manutenções de forma regular pode fazer uma enorme diferença no desempenho e na vida útil do seu motor. Investir tempo e algum esforço na manutenção do seu motor irá trazer-lhe benefícios a longo prazo, pois o seu motor continuará a funcionar ao nível que é suposto.

Se está a precisar de um serviço ou de uma tarefa de manutenção que não consegue executar sozinho, deve contactar o seu concessionário Kawasaki mais próximo.